sábado, 3 de abril de 2010


E OS CÉUS PARECIAM SENTIR A MINHA DOR,
DOS MEUS OLHOS AS LÁGRIMAS DESCIAM COMO CASCATAS
E LÁ FORA A CHUVA CAIA DETERMINADA
EU EM MINHA JANELA CHORAVA...
DOEU MUITO FAZER O QUE FIZ
MAS FOI NECESSÁRIO
AGORA JÁ NÃO HÁ MAIS NADA PARA SE ENTENDER
OU QUERER...
GUARDAREI EM SILÊNCIO ESTA SAUDADE E DOR
GUARDAREI EM SEGREDO O QUE HÁ EM MEU CORAÇÃO.

POETA MENINA 03/04/2010 SÁBADO CHUVOSO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário